Arquivo de Epica

Symphonic Metal – A banda que se iguala a orquestra.

Posted in Gêneros Musicais with tags , , , , on 11 de março de 2010 by Sergio Contri

Hey Hey Hey!

Hoje vou falar um pouco sobre este sub-gênero do Heavy Metal que possui elementos sinfônicos, fazendo com que o som, que pode ser reproduzido por teclados ou sintetizadores, fique similar ao de uma orquestra.

Este gênero musical se caracteriza pela utilização de vocais líricos e de vez em quando, de instrumentos eruditos.

“Symphonic” pode também (pouco frequentemente) descrever metal com elementos da música clássica que não parecem sinfônicos. Um exemplo é a banda Virgin Steele, que só ocasionalmente usa teclados orquestrais, mas, freqüentemente, usa piano com som clássico.

Existem bandas de symphonic metal em diversos gêneros do metal, como exemplo, Power Metal , Doom Metal e Black Metal, sendo que no Power Metal ele é chamado Symphonic Power Metal (Avantasia) e no Black Metal, Symphonic Black metal (Dimmu Borgir).

Os precursores desse sub-gênero são as bandas: Nightwish; Apocalyptica; Therion; Epica e Within Temptation.

Banda Epica

Em sua origem, o Symphonic Metal tem a idéia da inserção de trechos de músicas clássicas em álbuns de bandas de Death Metal, Black Metal e Doom Metal, entretanto, no início dos anos 90 bandas como Angra já flertavam mais inerentemente com o estilo, como em músicas como Stand Away e Lasting Child.

Contudo, o estilo musical se emancipa efetivamente com a banda Therion.

Banda Therion

A banda publica seus primeiros álbuns no início dos anos 90, com um som pesado como os estilos anteriormente citados.  Já em 1996, com o disco Lepaca Kliffoth,  nota-se forte influência de música clássica, mas ainda o metal pesado é a marca registrada.

Porém, é com o disco Theli (também de 1996) que de fato a idéia de mesclar música clássica ao Riff do Metal ganha vida e se levanta.  Músicas como “To Mega Therion” e “Cults of The Shadow” demonstram uma nova forma de se fazer Metal, com o refinamento de música erudita aliado a um som marcante e não menos pesado.

No ano de 1997, o Nightwish surge na cena Metal, exibindo vocais líricos aliados às guitarras.

Nightwish

Em 2003, surge uma obra prima do Metal Sinfônico. O disco denominado Secret of The Runes foi gravado com uma orquestra de fato, e esbanja qualidade sonora e o timbre real dos instrumentos eruditos , dispensando o limitado poder dos sintetizadores para este fim.

E como sempre, no final do post, um vídeo para você conhecer um pouco mais sobre o gênero musical em questão.  Para vocês que nunca ouviram este sub-gênero do Heavy Metal, escutem, o som é muito bom e as músicas são maravilhosas. As dicas eu eu dou são: Nightwish e Epica.

Nightwish – Where Were You Last Night

LONG LIVE TO THE ROCK!