Arquivo para Black Sabbath

Luto!

Posted in R.I.P. with tags , , , , , on 17 de maio de 2010 by Ricardo Makaron

Estamos em um dia triste. Ronnie James Dio veio a falecer no dia 16 de maio de 2010 às 7:45. A notícia foi divulgada, pela esposa de Dio, Wendy. “Hoje meu coração está partido, Ronnie se foi às 7h45” a notícia também foi publicada no site do músico http://www.ronniejamesdio.com/.

A notícia que Dio tinha cancêr no estomago em estado inicial foi diagnosticada, em novembro de 09. A notícia obviamente foi um choque, mas ele vinha se cuidadando, diminuindo as cargas dos shows, tudo parecia que ia bem e que ele voltasse a nos encantar como sempre fez com sua voz inconfundivel. Mês passado ele deu uma entrevista em que comentava sobre isso, ele disse que é um processo lento, a quimio, e além de tudo é uma coisa que vai acumulando, e nessa mesma entrevista ele disse que ele queria vencer “Mas eu sei que tenho que fazer. Mas isso é muito, muito difícil. Mas se você está determinado a vencer, então você tem que ir com o que você acredita que vai dar certo para você, e neste caso é isso.”

Irônicamente ele faleceu no dia em que ele fez sua última apresentação no Brasil. Tenho certeza que não só eu mas todos os que curtem heavy ficaram com um sentimento de perda irreparável em seus corações.

Ronnie James Dio

Ronnie James Dio

Dio começou sua carreira com a banda ELF em que era baixista e vocalista, com essa banda ela lançou 3 albuns, depois ele foi pro Rainbow finalmente com o Black Sabbath depois que o Ozzy saiu, também fez carreira solo e atualmente ele estava com o Heaven and Hell, além de ter feito projeto beneficiênte o “Hear ‘n Aid”.

Ronnie James Dio

Ronnie James Dio

O Heaven and Hell, no qual ele estava junto com outros membros do sabbath, Iommi e Butler, gravou só um disco o “The Devil You Know”.

Quem não conhece o Dio deve conhecer e aprender, Heaven and Hell, Rainbow in the dark, Holy dive e tantos outros. Seu corpo pode ter ido, mas o que ele É e o que significa ainda estão ai para todos que quiserem saber, só o nome Dio inspira respeito e admiração e se depender dos rockeiros do mundo, não importa quanta música ruim tenha, RONNIE JAMES DIO É ETERNO.

Vou ser sincero a todos, meu plano era falar da virada cultural, mas quando abri o jornal no domingo e vi a notícia tanto eu quando o Sérgio, ficamos pasmos. A importância do Dio para o heavy metal pode se igualar ao homem ter pisado na lua, se você hoje nos shows faz o “chifrinho” com a mão então agradeça a Dio por isso.

Sem mais, e com pesar no coração.

Rest in Peace, Ronnie James Dio.

R. Makaron

Anúncios

40 anos do 1° álbum de heavy metal!

Posted in Bandas Comentadas, Diversidade with tags , , , , , on 18 de fevereiro de 2010 by Ricardo Makaron

Imagine a vida sem uma música boa… Agora imagine a vida sem Heavy Metal … Para alguns não quer dizer nada mas pra pessoas como eu seria simplesmente o fim! Acordar toda manhã e não ter nenhuma guitarra plugada em um boss ou grovin super distorsion não é algo que me atrai!

Mas a quem devemos esse maravilhoso estilo que une Gregos e Troianos?  Alguns atribuíram ao Led Zeppelin, Deeppurple … Mas a real origem deve ser mesmo da banda BLACK SABBATH, não tem como diminuir a importância do Led e Purple do Rock/Heavy, mas quem ‘chutou o pau da barraca’ foi mesmo o Sabbath. O 1° álbum da banda saiu nada mais nada menos que dia 13 de fevereiro de 1970, detalhe, como não podia ser diferente, em uma sexta feira 13!!! A banda formada por Osbourne, Iommi, Butler e Ward procurava se destacar na cena inglesa e acharam o caminho certo. Mas antes vou falar como a banda chegou em seu estado atual….

Ozzy Osbourne

Ozzy Osbourne

Breve Bio: A 1° banda do sexteto [sim, 6, pros mais lerdos] foi formada em Auston, Inglaterra e era um fusion jazz, rock, além dos 4 já citados ainda tinha o guitarrista Jimmy Phillips e o tecladista/saxofonista Alan Clark. Após Phillips e Clark caírem fora, a banda mudou de nome se chamando Earth tocando em clubes sociais, mas sem grande repercussão [e dinheiro] que o baixista [Butler] teve a sacada que mudaria o destino da banda, música e vida de muitos, grande fã de ocultismo e terror, em 69 ele sugere a mudança de nome e ‘estilo’ da banda, adotando uma temática mais ‘dark’ isso aconteceu depois que Butler viu o Filme Black Sabbath com Boris Karloff. A partir daí com clima sombrio, vocais que passam a angústia e até certo medo [que só Ozzy consegue] a banda passa a ser BLACK SABBATH, usando um peso absurdamente pesado [redundância rulez!] pra época, vocais insanos, e temática de ocultismo. A banda de uma forma única concilia tudo isso.

A banda começou a gravar com uma grande gravadora após apresentarem um cover do single da banda americana ‘Crow’, o single é a música evil woman, a partir daí eles começaram a gravar com a Vertigo. Segundo rumores [ou o clichê ‘reza a lenda’] a gravação do álbum durou 3 dias e Iommi devido a seu problema nos dedos começou a adotar uma afinação mais baixa, deixando as cordas mais frouxas, o que deixavam as músicas ainda mais sombrias [quem nunca tocou em D ou mais baixo deveria tentar, afinações baixas são especialmente apurativas].

Tommy Iommi

Tommy Iommi

Se o nome já causa arrepios e curiosidade a capa não era diferente, a capa do 1° álbum [Black Sabbath] , é uma bruxa em uma localidade na Inglaterra [e todo o ocultismo que o lugar carrega], a casa atrás é um moinho em Oxfordshire e a bruxa acredita-se [acredita-se!!] ser uma modelo, e a vegetação da ‘O’ clima sombrio que a banda queria.

Album Black Sabbath

Album Black Sabbath

[Antes de começar esse parágrafo só uma citação, começo a ouvir a 1° música do dito álbum] Agora o mais chocante [para mim ao menos] o álbum que abriu as portas do heavy metal não tem distorção! A intro da música Black Sabbath é uma chuvinha fina com um sino batendo ao fundo da música…. A música tem um tema do oculto e fala sobre satã, em um claro momento o eu lírico pede ajuda a Deus:

Black Sabbath – Black Sabbath

‘O que é isso que se levanta a minha frente?

Um vulto preto que aponta para mim

Viro rapidamente, e começo a correr

Descobri que eu sou o escolhido

Oh não!

Uma grande figura negra com olhos de fogo

Dizendo às pessoas seus desejos Satã está sentado lá, ele está sorrindo

Observem aquelas chamas crescendo cada vez mais

Oh não, não, por favor Deus me ajude!

Esse é o fim, meu amigo?

Satã está vindo lá na curva

As pessoas correm pois elas estão assustadas

Pessoal, é melhor correr e tomar cuidado!

Não, não, por favor, não!’

Mas como uma música que não tem canal sujo [pros que não tocam guitarra é aquela barulho que parece um zumbido nas músicas] define o destino de todo um estilo musical? Ocultismo, afinação diferenciada, mudança de tempo na música, vocais agonizantes tudo isso fez do Black Sabbath uma lenda! O mais irônico….. O pseudopríncipe das trevas [Ozzy] pede ajuda a Deus na música!!

Bill Ward

Bill Ward

Na faixa que segue [The Wizard] coloca a gaita que Ozzy brincava [sim, brincava] nos intervalos das gravações e que dá um clima todo especial pra música além da bateria do Ward espetacular. Behind the wall of sleep é outra faixa que segue a mesma fórmula, grandes riffs, mudança de tempo e vocais incrivelmente harmoniosos. N.I.B mostra o gênio criativo de Iommi, com um dos maiores riffs da história do heavy metal, e um dos melhores solos do Iommi já feitos na história, além do não menos importante

Geeze Butler

Geeze Butler

vocal do mad man. Evil Woman é a música que colocou o Sabbath com uma grande gravadora mas é a faixa que menos tem haver com o álbum… A faixa Sleeping in the Village é uma das faixas mais incríveis do álbum, com sua intro acústica ressalta o medo que tudo oferece ao escutá-la. Agora umas das melhores faixas do álbum ‘The Warning’ é a mais longa e a mais polida, com seus 10 minutos mostram a competência do quarteto, especialmente de Butler e Ward, essa faixa concretiza o que parecia inevitável Tommy Iommi É O guitarrista, 10 minutos da melhor aula de musicalidade, passando de riffs e passagens leves a agitadas sem perder a harmonia que tudo traz! Quando você acha que a banda não tem mais o que apresentar eles fazem mágica com o que tem … MacGyver/Magaiver ficaria de queixo caído! A partir do minutos 9:05 [+-] a música volta a ser agitada deixando qualquer headbanger [inclusive este que vos fala] querendo pular até cair!

A última faixa do álbum é um heavy arrastado que só um Black Sabbath poderia produzir.

Alguns podem até dizer que Ozzy não tem grande alcance vocal que Iommi não criou nada de novo em 40 anos que tudo é uma variação dele mesmo, que Butler e Ward estão sempre iguais ….. mas aqui entre nós, Rockers, que os caras fazem um puta som! É inegável!! Como eu li no whiplash ‘Existem alguns discos que são bons discos. Existem alguns discos que se tornam clássicos. Existem alguns discos que são obras-primas. No entanto, são pouquíssimos os discos capazes de mudar todo um estilo musical e criar outro à partir dele.’ Se você assim como eu que tem uma banda de heavy metal… devemos agradecer ao quarteto de Auston por isso!

R. Makaron