Arquivo para anos 70

Essa é uma banda MADE IN BRAZIL só pra tocar rock and roll!!

Posted in Bandas Comentadas, Bandas Independentes with tags , , , , , , on 1 de março de 2010 by Ricardo Makaron

Hey folks?

Continuando nas bandas brasileiras de rock e blues rock temos um ícone inegável,  a banda Made In Brazil, formada pelos irmãos Oswaldo e Celso Vecchione,  mas a banda já teve mais de 140 formações, 90 músicos, da mais alta qualidade, e 17 discos.

A banda que nasceu em 67 no bairro da Pompéia [SP], vale lembrar que esse foi a Mecca de várias outras bandas rock brasileiras como Tutti Frutti, Mutantes etc…

Rock cantado em português, com raiz no blues e um negócio praticamente familiar, afinal, na banda já passaram Debora Vecchione, que infelizmente teve um acidente doméstico e veio a falecer.  Na formaçã atual Rick Vecchione, filho de Oswaldo.

Influênciados por Chuck Barry, Rolling Stones, Muddy Waters e outros Rockers e Blues Rockers.

”]Deu pra sentir que o negócio é bom né?

São mais de 40 anos de  rebeldia, sexo [xD] blues e rock and roll.  Uma banda que passou por pop music, tropicalismo, psicodelismo, hard, heavy e ainda as modinhas de hj  sem nunca parar de tocar o bom e velho rock and roll

Não há muito mais pra falar, deixo a dica pra vc que gosta de rock e blues!

Pra quem acha que esse país só toca pagode MADE IN BRAZIL na veia!

Não achei vídeos deles tocando de boa qualidade mas animação ficou ótima!!!

R. Makaron

Miami Sound Machine

Posted in Bandas Comentadas with tags , , , on 25 de fevereiro de 2010 by Ricardo Makaron

“I have learned you can’t waste time worrying about things. That’s the bottom line. I mean, you get PMS. You’re human. But you remind yourself what’s really important. There are people in wheelchairs. How can you worry about whatever?”

– Gloria Estefan

Hoje vou falar sobre uma banda dos anos 70 chamada ‘Miami sound machine’ é uma das inúmeras que começaram a moldar o que seria a música dos anos 70/80, essa banda foge um pouco do que o blog trata mas pela musicalidade vale a pena, créditos a idéia dessa matéria à festa do Eduardo, que passou na USP, e em um momento bem….churrasco, cerveja/coca, e conversa começamos eu o Sérgio o Eduardo [pai] e o tio do Eduardo a falar de umas bandas diferentes e aqui esta ‘MIAMI SOUND MACHINE’.

A banda É [sim, no presente] formada por Gloria Maria Milagrosa Fajardo nome artístico Gloria Estefan, e Emilio Estefan. A banda mesmo é conhecida mais por causa da Gloria Estefan que tem uma voz excelente.

Uma breve Biografia:

Gloria Maria Milagrosa Fajardo [Havana, 1 de setembro de 1957]. Gloria se mudou para Miami com 2 anos de idade por causa da invasão mau sucedida na Baia dos Porcos pelos americanos em Cuba [17 de abril de 1961]. Seu pai foi convocado ao Vietnã, ela pra passar o tempo e reconfortar as outras mães e filhas na mesma situação que ela cantava e assim ela descobriu seu talento, algo que segundo ela [música] foi um ponto de luz em sua vida [music was the one bright spot in my life].

Inicio da banda:

Em um casamento em que ela estava cantando ela conheceu Emilio Estefan que estava com sua banda [Miami latin Boys] se apresentando, depois de 2 músicas que ela cantou com a banda foi oferecido a ela um emprego como vocalista. Apesar de querer entrar na faculdade de psicologia ela seguiu com a banda. No fim da dec. de 70 [1978] ela e Emilio se casaram e embarcaram na cena musical de Maimi. Gloria estava no caminho para se tornar a 1° vocalista mundialmente conhecida de crossover latino americano.

Ta, legal, escrevi tudo isso, ai você deve estar se perguntando…..

‘QUE PORRA ISSO TEM HAVER COM O BLOG?’

Simples:

A pegada dançante que eles têm, o som ‘diferente’, a voz dela, tudo foi arranjado pra sair algo que só uma banda com consciência de um som legal. A banda tem tudo que os anos 70 pediam, saias, grupos enormes de pessoas dançantes e clipes….vamos dizer…..estranhos….. e tudo isso, fez com que grandes grupos de rock, heavy metal [necessidade de algo diferente] quisessem que suas músicas fossem únicas, o lance e você afinar a guitarra em uma afinação que não é a padrão, dar aquele clima alegre ou de enterro é fruto da necessidade que todos temos de ser e viver de forma diferenciada. É uma banda que vale a pena escutar, tanto pela musicalidade quanto pelo estilo que eles têm.

R. Makaron

Miami Sound Machine “Bad Boy”