Archive for the Uncategorized Category

Então né!?

Posted in Uncategorized on 1 de agosto de 2011 by Ricardo Makaron

Eu tinha que postar hoje n鬬

 

Malditos poneis! aushdfau

 

mal pessoa sexta ou segunda eu posto alguma coisa!

Anúncios

Feliz dias das mães!!

Posted in Uncategorized on 9 de maio de 2011 by Ricardo Makaron

Hey folkas!!!

Como vão???

Bom to sem nada pra postar então como acabamos de sair do dia das mães tem um matéria óbvia que é uma homenagem.

VOCÊ JOVEM ROCKEIRO QUE TEM SUA QUERIDA MAMÃE QUE TE AGUENTA O DIA TODO OUVINDO BLACK SABBATHHH

DE UM GRANDE ABRAÇO A ELA EM NOME DA EQUIPE AAR!

Hugz!

Música boa de se ouvir.

Posted in Uncategorized on 2 de maio de 2011 by Ricardo Makaron

Hey folks?

Como andam?

Muitos dos músicos tem em sua mente que a velocidade de suas guitarras, baixos, baterias, teclados é a chave para o sucesso. Que tocar como um besouro, fazendo 2000 notas por segundo é o que atrai as pessoas para seus shows e apresentações.

Mas se música fosse quem tocava mais rápido algumas das composições mais belas já produzidas não teriam graça. É claro que velocidade é importante Bach da lições disso a cada sonata reproduzida. Se algo que é tocado muito rápido é bonito então algo tocado em uma velocidade baixa ou mediana é igualmente bonita e as vezes até mais tocante!! Imaginem a música Moonlight Sonata do Bethoven tocada em uma velocidade besouro nível 3 a chatice que seria?

Música não é uma regra, nem um movimento único, nem uma arte qualquer, a música é a verdadeira expressão sem palavras , um único solo acompanhado por uma melodia pode tocar a alma como uma verdadeira forma de aproximação com um ser superior, independente da sua orientação religiosa.

É o nirvana da mente humana. Portanto a música deve vir com um pedaço considerável da sua alma e não como um concurso de quem faz a digitação mais rápido.

@RMakaron

Hugz!

Adiado!

Posted in Uncategorized on 20 de abril de 2011 by Sergio Contri

Hey Hey Hey!

O post de amanhã ficará para quinta, pois eu tenho 3 provas essa semana e não consegui tempo para escrever sobre a Virada, então, esperem. Amanhã o post virá quentinho!

See Ya!

policia, para quem precisa?

Posted in Uncategorized on 4 de abril de 2011 by Ricardo Makaron

Hey.

A polícia no brasil é precaria, todos sabemos disso. Mas ontem [03] não foi a precariedade mas sim a falta de vontade dos nosso “defensores” [?????????????????] que me ficar mais do que chocado.

Eu estava voltando do sesc belenzinho e quando deu umas 18 horas resolvi voltar pra casa, e fui assaltado por um noiado. Bem além do pacote mclanche feliz de todo assaltante, R$+celular+sua dignidade o cara ainda me arrastou até um bradesco e me fez tirar 400 pau [que eu não tinha então to mais do que no negativo no banco] e ainda ficou me vigiando do alto da rua pra ver o que eu ia fazer. Fui na dp mais próxima e a resposta me fez sentir não assaltado, mas sim estuprado: “Não é nessa DP é na tal tal tal” Como assim ? agora tenho que pedir pro ladrão ir pra um banco ou pra uma rua em que a dp MAIS PRÓXIMA resolva te atender? Detalhe a dp que o querido viado Policial me indicou era ainda  mais longe do lugar do assalto, ou seja até eu chegar lá o ladrão já tinha ido pra pqp.  Além da minha clara cara de “como assim, vocês não vão fazer nada?”  os próprios policiais ficam te olhando como quem diz  ” o que vc ainda ta fazendo aqui”.

Me desculpem os bons policiais, mas da a impressão que polícia e ladrão não passam de duas instituições que cansaram de brigar e fizeram um parceria.

só.

e agora?

@RMakaron

Pinetop Perkins

Posted in Uncategorized on 28 de março de 2011 by Ricardo Makaron

Hey folks?

 

Desculpe pelo atraso do post hoje, não tava conseguindo entrar na internet sem cair.

 

Bom, vamos ao que interessa.

 

A uma semana faleceu o mestre Pinetop Perkins, grande músico de um gênero chamado boogie woogie, uma das raízes do Rock e gênero “tradicional” do blues.

Boogie woogie consiste na prioridade da voz e piano rápido, principalmente na mão esquerda.

Perkins foi um dos últimos – se não o último – blueseiro dos velhos tempos. De fato, em 2007, ele ganhou um  Grammy por sua contribuição para um álbum ao vivo intitulado “Last of the Great Mississippi Delta Bluesmen: Live in Dallas”. Ele também foi agraciado com um Grammy Lifetime Achievement em 2005. Em fevereiro deste ano. Perkins faturou prêmio de melhor álbum de blues tradicional “Joined at the Hip”, que contou com a colaboração da fera Smith ‘Big Eyes’ Willie.

[retirado de: http://www.musicomio.com.br]

 

Sabe um daqueles caras que são monumentos vivos? Esse é um exemplo, o cara ficou famoso por regravar a “Boogie Woogie Pinetop’s”, [dai o nome dele], e isso fez com que sua carreira fosse ao apogeu, depois fez uma parceria com Muddy Waters. Além de tudo fez o trajeto clássico de todo bluseiro americado, do Missisipi para Chicago onde virou lenda local. O cara era foda…

Sem mais delongas …. Pinetop Perkins the very last TRUE

 

bluesman!

 

@RMakaron

 

 

 


Problem

Posted in Uncategorized on 28 de março de 2011 by Ricardo Makaron

Hey folks?

 

Estou com uns problemas e não sei se vou conseguir postar hoje, vou tentar mais tarde se não conseguir amanhã tem postagem.

 

Mal ai galera

 

@RMakaron