Lacre Das Virgens!

Hey Hey Hey!


Do dia 13/02/2010 para o dia 14/02/2010, nós fomos no Rockixe Bar para tomar umas cervejinhas, curtir a noite e ouvir uma banda que nos chamou a atenção pelo nome.

O show foi da banda “Lacre Das Virgens” e foi um show DO CARALHO! Os caras mandam muito bem, tocam desde Dire Straits até Black Sabbath. A banda é um power trio, composta pelo Luizão nos vocais e guitarra (e que guitarra, um som muito foda saindo dela, o cara toca muito), no baixo está o Julinho, que manda muito bem também e na bateria está o Wilson , que é um dos melhores bateristas que já vi tocar pelos bares da vida.

Luizão, vocal e guitarra.

Além deles fazerem covers, eles também tem música própria, todas composta pelo Luizão, e uma melhor que a outra.

Quando começou o show, nós estávamos apreensivos para ver como iria ser o som dos caras, mas, depois da primeira música, nós vimos que iríamos curtir música de primeira qualidade! Quando eles tocaram Pink Floyd, nós fomos ao delírio, eles conseguiram fazer um cover perfeito!

– Sérgio Luiz

Sábado de carnaval, cansado de tanta poluição sonora  fui ao Rockixe  com alguns amigos  , os quais 2 deles fazem parte deste magnífico blog.

Cerveja vai cerveja vem , até o show começar(elas continuaram indo e vindo, rs) porém nossa atenção foi do Alcool para o palco, onde a banda da noite foi a Lacre das Virgens que tocou covers de grandes nomes do Rock and Roll , os principais destaques para mim foram Jumping Jack Flash, uma música foda dos Stones ( e geralmente o pessoal não faz cover dela ), Sweet home Alabama do Lynyrd Skynard  e 2 seguidas do Purple , Black Night  e Burn e a saidera foi nada mais nada menos que Sabbath com Paranoid. Além dos covers eles tocaram 2 músicas próprias , Seres Mutantes e Clonestar Rock( que fala justamente sobre fazer cover na noite) que são de alta qualidade, resumindo essa noite foi de altos bends , Linhas de baixos perfeitas e consistentes além de viradas de bateria sensacionais……DO CARALHO…..

– Gustavo Venturini

A banda que vimos dia 14[fevereiro] mostrou uma maturidade musical excelente que só que quase 30 anos de formação [não só esta] podem oferecer, além de uma presença de palco excelente e um repertório direto dos anos 70/80 passando de beewolf a Nazareth de Black Sabbath a Deep Purple além de som próprio muito bom e criativo. A banda que falo é a banda Lacre das virgens, um power trio POWER! Solos e improvisações bem feitos e elaborados com musicalidade e intrumentos bem regulados e de boa pra ótima qualidade. Sempre receptivos a uma conversa mesmo depois de 2 horas de show.

O lugar que fomos também é excelente o Rockixe é bem localizado no Tatuapé e apresenta uma ótima estrutura, espaço limpo, bom atendimento além de ótimas pessoas que trabalham lá, do segurança [o PEQUENO Pirata] à dona do lugar. Agradeço a todos do Rockixe pela companhia e recomendo a quem quer música boa e comes e bebes!

R. Makaron

Julinho, baixo

Depois que acabou o show, os caras nos concederam uma entrevista, para conhecermos mais sobre a banda deles. Até ganhamos o Cd deles, que ficou muito bom, diga-se de passagem.

Wilson, bateria

All About Rock (Sérgio) – “Bom, para começar, a banda surgiu em que ano?”

Luizão(Vocal) – “Essa banda é dos meados dos anos 90. Nós tocavámos em bares, no Lava Lento, que era um lava rápido que chamavam de Lava Lento e no Kazebre antigo. Em 98 a banda parou, fazíamos cover de Raul Seixas e de música pop. A banda está saindo do formol depois de 12 anos de parada que nós demos, mas nunca paramos de tocar.”

AAR(Ricardo) – “As influências a gente viu que é um rock bem anos 70-80, quais mais influências, além de todos os clássicos que você tocaram?

Luizão – “Rush, Pink Floyd, Zeppelin, Bad Company, Hendrix também, e Deep Purple que é o sangue, foi minha escola. Essa é nossa inspiração, que vem dos clássicos do rock. Como Yes e Kansas.”

AAR(Gustavo) – “Quando vocês se conheceram, qual foi o principal motivo de vocês fazerem um som assim?”

Wilson(Baterista) – “Foi na noitada né, nos bares da noite. A gente já tocava na época, eu tinha um conhecimento mais caseiro, aí ele (Luizão) me chamou para fazer umas duas músicas com ele no palco e daí para frente o negócio começou a engatilhar, eu agradeço ele até hoje, porque fui um incetivador legal! Sempre gostei de batera, tenho história pra contar, e espero que a gente continue tocando. Aí ele se mudou pra Santos, a gente perdeu o contato, mas ele me ligou e falou “Vamos Fazer?”, eu falei vamos fazer um rock and roll que é muito gostoso de tocar, difícil quem não goste, moleque de 12 anos curte um rock, espero que vocês que são bem mais novos que nós, não deixem de conhecer várias bandas que são muito legais.”

AAR(Sérgio) – “No começo do show, o Luizão disse que o baixista(Julinho), foi o último a entrar na banda, então a banda já teve outros baixistas que não deram certo?”

Luizão – “Teve vários baixistas, mas não chegou a ter um baixista fixo na banda, mas quem está assumindo isso agora é o Julinho que curtiu o Lacre das Virgens, hoje em dia ele toca com o Roberto Seixas. Antes eles ia nos shows do Lacre e incentivava muito, e hoje ele é o baixista da banda. Esse é o que podemos chamar de verdade baixista da banda, o oficial, ele vestiu a camisa do Lacre.”

AAR(Ricardo) – “Falar sobre o estilo de vocês, o Wilson tem um estilo bem Rolling Stones…”
Wilson – “É hardrock, Hard total aqui (rs)”

AAR(Ricardo) – “O Luizão tem um estilo bem ceifador, com esse chapéu aí. Vocês compondo, o que vocês querem passar?”

Luizão – “As músicas são minhas, o Wilson está fazendo os arranjos nas músicas. Só que na gravação do cd, eu contratei músicos de Santos para gravarem comigo, da banda eu sou o único que participa das gravações.”

AAR(Gustavo) – “Tantos anos de banda, e eu queria saber a história mais engraçada que vocês tem aí, porque sempre tem né?”

Luizão – “Tinha um baixista na banda que era muito atrapalhado, sempre chegava atrasado nos ensaios e teve uma vez que ele esqueceu o cabo do baixo, cabo até dava pra arrumar outro mas como se não bastasse ele esqueceu 0 o própio baixo na casa dele. A gente chegou a discutir no palco várias vezes, até um dia chegar as vias de fato.”

AAR(Sérgio) – “(rs) A gente queria agradecer a banda pela entrevista e pelo show bom pra cacete que fizeram hoje.”

Wilson – “Valeu!”

Galera, o nosso blog recomenda essa banda e também o Rockixe Music Bar, que é um local bem legal de ir e curtir com os amigos. Ele está localizado no Tataupé, na rua Serra de Bragança, 468 e o site é este: http://www.rockixemusicbar.com.br/

Dia 20 tem show de novo do Lacre das Virgens lá, por isso, desmarque tudo que tinha para este dia e vá para o Rockixe Music Bar. O nosso blog estará lá cobrindo o show. E quem quiser contratar a banda, o telefone é (13) 9174-4149.

Fiquem com dois vídeos deles, um de cover e um de música própria, tenho certeza que irão curti!

Lacre das Virgens – Clonestar Cover


Lacre das Virgens – Smoke On The Water(Cover)

Orkut, perfil do Luizão: http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=5979121496416402205

Orkut, comunidade Lacre das Virgens: http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=5979121496416402205


LONG LIVE TO THE ROCK!

2 Respostas to “Lacre Das Virgens!”

  1. WASHINGTON LUIZ Says:

    SOU O LUIZÃO DA BANDA LACRE DAS VIRGENS, E QUERO
    AGRADECER ESSA RAPAZIADA DO BLOG, POR DIVULGAREM
    NOSSA BANDA. ESSE BLOG É PURO ROCK N´ROLLL!!!!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: